Filmes Pedidos | Aldoar, Porto

1 Out / 19 Nov / 3 Dez 2017 | 17:00
Cultura em Expansão - Cineconcertos
Auditório do Centro Paroquial de Aldoar
Rua Professor Melo Adrião, 106, Porto


conceito e direção artística, bateria, percussões, melódica, voz: António-Pedro | harpa e eletrónica, daxofone, stylophone, voz: Eduardo Raon | baixo acústico, efeitos, voz: Ricardo Freitas | apresentação e locução de intertítulos: Marta Azenha | curadoria dos filmes: Nuno Sena | colaboração: Caroline Bergeron | figurinos: Zafu Futon | produção executiva: Maria João Garcia e Patrícia Domingos | produção: Companhia Caótica | co-produção: Teatro Viriato | criado sob encomenda do Centro Cultural de Belém/Fábrica das Artes (2015)

14.11.2017

02.03.2017 | SMUP, Parede

AFF trio
com with Francisco Andrade, Marco Franco

fotografia photo Cláudio Rego

 

 

 

fotografia photo Sílvia Tengner

 

 

20.03.2017

AFF trio | SMUP

2 Março 2017 | 22:00 | SMUP, Parede

AFF trio
Francisco Andrade - saxofone alto/tenor
Ricardo A. Freitas - baixo eléctrico
Marco Franco - bateria

Três músicos eclécticos em improvisação livre, o que farão ao momento pertence. Poder-se-á insinuar a fluidez e entrega enérgica de Francisco Andrade, as linhas esquivas e obliquas de Ricardo A. Freitas e a intuição sábia da polirritmia livre de Marco Franco.



09.02.2017

Ida para Angola

"Cruzeiro Seixas - As cartas do rei Artur" (2016)
Documentário | Cláudia Rita Oliveira




04.01.2017

Impro-Wise

17 Dezembro 2016 | 15-18:00 | ACCCA, Bairro Alto, Lisboa

Orientação: Marina Nabais
Sessões de improvisação em dança, onde o movimento é a base da pesquisa e criação. A primeira parte é composta por um aquecimento dirigido, que despertará a atenção sobre o corpo, o espaço, o tempo e os restantes participantes, na procura de um sentido de coletivo. De seguida, serão dadas um conjunto de tarefas/propostas relacionadas com alguns temas da improvisação que terá lugar logo de seguida, em formato aberto, e com música ao vivo. Estas sessões têm um princípio, meio e fim, não sendo por isso necessário ter participado em sessões prévias. Destinam-se a todos os interessados (e curiosos) em movimento, dança, teatro e técnicas de improvisação. Nível aberto a todas as idades e formações.
14.12.2016 

Lisbon Soundpainting Orchestra (LSO) | EKA Palace

16 Dezembro 2016 | 21:00 | EKA Palace, Lisboa

Lisbon Soundpainting Orchestra (LSO)
Novo projeto com novos artistas
direcção: François Choiselat









14.12.2016

Al-jiçç

20 Outubro | 19:00 | Museu Nacional da Música | Lisboa


AL-JIÇÇ
Gonçalo Lopes - clarinete
Nuno Damião - guitarra eléctrica, composição
Ricardo Freitas - baixo eléctrico
Jorge Lopes Trigo - bateria
Al-jiçç é um projeto musical que tem como mote a criação de melodias originais de inspiração mediterrânica a partir de escalas judaicas, árabes ou ciganas, que servem de mote para improvisações modais ou livres num contexto rítmico contemporâneo. Da fusão destes elementos resulta uma música livre, espontânea e sem fronteiras que poderá ser ouvida no Museu Nacional da Música, num concerto onde apresentarão o álbum ‘Livro de Areia’. Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música. Bilhetes - Normal 5,00 / Sócio - 3,00.

20.10.2016

Soma nº 4 | Zaratan

7 de Outubro | 19:00 | Zaratan, Lisboa

Mia Zabelka - violino violin
Maria do Mar - violino violin
Maria Radich - voz voice
Luís Lopes - guitarra e. e. guitar
Ricardo A. Freitas - baixo e. e. bass

+

Musgos

A Associação Terapêutica do Ruído e a Zaratan apresentam “S.O.M.A. - Sound Over Multimedia Art”, um ciclo musical a acontecer mensalmente na Zaratan que celebra a experimentação audiovisual, abraçando uma série de projectos musicais que integram uma componente visual essencial na sua actuação ao vivo, pesquisando assim as sobreposições e as somas entre as frequências das ondas sonoras e os comprimentos das ondas de luz, numa tentativa de tornar audível o visível e/ou visível o audível.

Mia Zabelka é uma artista sonora, improvisadora e compositora clássica austríaca. Vocalista e violinista. Colabora regularmente com artistas de todo o mundo e de todas as áreas, entre os quais Lydia Lunch, John Russel ou o português Carlos Zíngaro.
Em visita a Portugal, Zabelka junta-se à violinista Maria do Mar e convida alguma da nata da improvisação nacional que de forma geral já tem participado noutras sessões terapêuticas de ruído. São eles Maria Radich, vocalista, Luís Lopes, guitarrista e Ricardo Freitas, baixista. Este encontro será ainda acompanhado por vídeos de Gavino Canu, artista visual da Sardenha (Itália) que tem colaborado com Zabelka.

Musgos é um projecto de música instrumental que se funde com imagens vídeo. Os temas compostos criam paisagens auditivas, exprimindo momentos relacionados com a proximidade da natureza e momentos de experiências vividas. Há também um segundo lado em que o vídeo (filmado em super8) tem um papel mais fucral, onde a música segue a imagem em movimento, tornando-se numa banda sonora de improvisação. Musicalmente são ambiências em que o tempo deixa de ser linear e as melodias se tornam dissonantes, originando momentos de verdadeira comunicação através dos instrumentos e das projecções.


04.10.2016

Filmes Pedidos | Outubro 2016

01 | 16:00 | Teatro Viriato | Viseu
09 | 15:00 | Cine-Teatro Curvo Semedo | Montemor-o-Novo
28 | 14:30 | 21:30 | Teatro Virgínia | Torres Novas


António-Pedro - bateria, percussões, melódica e voz
Eduardo Raon - harpa e eletrónica, daxofone, stylophone e voz
Ricardo Freitas - baixo acústico, efeitos e voz
Marta Azenha - apresentação e locução de intertítulos

conceito e direção artística: António-Pedro | colaboração: Caroline Bergeron | curadoria dos filmes: Nuno Sena | figurinos: Zafu Futon | produção executiva: Maria João Garcia | produção: Companhia Caótica | coprodução: Teatro Viriato | criado sob encomenda do Centro Cultural de Belém/Fábrica das Artes (2015)



29.09.2016